sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Psicológica

A expectativa dos membros de uma "igreja" sobre aquele que adentra aquela comunidade nunca é que o outro seja verdadeiramente justo. Portanto, aquele que busca fazer a vontade dessas pessoas se moldando conforme tudo o que esperam dele, nunca se sentirá vivo. Estará sempre escravizado à necessidade da construção de uma aparência de retidão que agrade ao ego "religioso" do outro, sempre refém do medo do que o outro pensará dele.

Se falaram mal de Cristo, também falarão de você.

A covardia é o único caminho de ser livre da perseguição.